Projeto

CAIS ENTRE SANTA APOLÓNIA E O JARDIM DO TABACO

Categoria

Obras marítimas e portuárias

Cliente

APL – Administração do Porto de Lisboa, S.A.

Localização

Lisboa, Portugal

Ano de projeto

2008

Partilhar

CAIS ENTRE SANTA APOLÓNIA E O JARDIM DO TABACO

Obras marítimas e portuárias

Os cais entre Santa Apolónia e o Jardim do Tabaco, com 675 m de comprimento, foram construídos nos finais do século XIX. Em resultado da sua idade e utilização, os cais apresentavam-se em adiantado estado de degradação. Após concurso, a APL – Administração do Porto de Lisboa, S.A. adjudicou ao Consórcio WW-STA os estudos e projetos para a reabilitação das respetivas estruturas e para o aumento da profundidade junto à frente de acostagem. As obras de reabilitação da estrutura existente consistiram no seguinte:

  • Melhoramento das características geotécnicas dos solos na frente do cais existente, mediante a execução de colunas de brita, de forma a garantir a estabilidade global da estrutura;
  • Execução de um prisma de enrocamento na face exterior do cais existente, para melhorar a estabilidade global;
  • Reconstrução do prisma de enrocamento e do filtro no tardoz do cais, de modo a evitar os assentamentos do terrapleno, originados pela fuga do material fino do aterro;
  • Reforço do maciço da superstrutura, mediante a execução de pregagens.

Para se conseguir o aumento da profundidade junto aos cais e ampliar a plataforma de apoio adjacente, avançou-se a frente de acostagem em relação ao alinhamento primitivo. Tendo em conta que os fundos do rio são constituídos por uma camada muito espessa de depósitos de aluvião de forte componente lodosa, com as formações miocénicas a profundidades alcançando os 30 metros, a solução que se revelou mais adequada para a estrutura do cais é constituída por uma estacada em betão armado. A estrutura da estacada é monolítica, constituída por fiadas transversais, espaçadas de 6 metros, de estacas de betão armado. As estacas funcionam como pilares, dando apoio a vigas em betão armado, funcionando como travessas de pórticos, em que apoia uma laje maciça, também em betão armado, que realiza um tabuleiro constituindo a plataforma do novo cais.

Serviços Prestados

Estudo de soluções alternativas; Projeto de Execução das soluções selecionadas; Assistência Técnica.